21 de set de 2014

Caixa Lúdica

Compartilhe


Esta semana recebi uma solicitação através da minha página no facebook: Psicóloga Mayara Almeida. Um pedido para listar brinquedos e compor uma caixa lúdica para atendimento psicológico infantil. Recordei que, durante algumas graduações, infelizmente, esses detalhes importantes passam despercebidos. Entretanto, eu estudei e adquiri este conhecimento durante a minha experiência de estudante. Pesquisando na internet, não encontrei muitos artigos esclarecedores sobre o assunto, então deixo aqui, algumas considerações para que estudantes e profissionais possam utilizar em suas atividades.

Esta é uma lista básica, podendo ser acrescentados brinquedos e brincadeiras personalizados de acordo com a idade, disposição e interesse da criança. A criatividade do profissional é extremamente determinante durante as sessões infantis, então busque desenvolver a sua.

“Sem dúvida para analisar uma criança não basta um frio conhecimento da técnica e da teoria.
É necessário ter algo do prazer que sente a criança ao brincar, manter algo da ingenuidade, da fantasia e da capacidade de assombro, que são inerentes a infância” (Aberastury, 1982, p108).

Papel
Lápis grafite, lápis de cor, canetinhas
Borracha
Apontador
Régua
Tesoura sem ponta
Massa de modelar
Pega vareta
Bonecos que representem pessoas e animais
Bonecos de guerra
Espada revólver, luvas de boxer
Fantoches
Bebê, mamadeira
Carro de polícia
Carro de bombeiro
Avião
Moto
Dinheiro de brinquedo
Bola, boliche
Telefone
Conjunto de cozinha
Miniaturas de supermercado
Miniaturas de móveis de casa
Miniaturas de objetos de beleza (pente, batom, esmalte, colares, maquiagem)
Baralho,Uno
Dominó, Dama, Xadrez
Jogo da memória
Jogo  de soletrar
Quebra-cabeça
Violão, apito, tambor
Livros de histórias infantis

Não faz-se necessário ter tudo de uma vez. Você pode ir montando aos poucos sua caixa lúdica. Vale usar a criatividade caso a criança queira um brinquedo que não há no momento e observar a interação com os objetos disponíveis. Vale também incluir na caixa, algum material ou brinquedo que os pais informarem que a criança gosta.
Sucesso!


2 comentários :

  1. Ola !! Sou Vilma estudante de psicologia e está postagem foi o que eu estava precisando. Amei!! Obrigada por dividir seu conhecimento. Parabéns!!!

    ResponderExcluir