17 de fev. de 2018

O que é Psicanálise?

Compartilhe

A Psicanálise não é uma ciência, é uma prática e teoria associadas à experiência do psicanalista e do seu próprio inconsciente – em sua análise pessoal. Na análise, o psicanalista coloca o sujeito para falar sobre o seu incômodo, da maneira que lhe for possível naquele momento.

• É um trabalho de investigação, onde pouco à pouco vamos buscando em cada história de vida a (in)compreensão de nossa ambivalência e incompletude (o que não quer dizer que haverá total sucesso nesta busca).

• É um trabalho de implicação pessoal, onde é preciso se perguntar: qual a minha responsabilidade diante daquilo que me incomoda? Aí sim, teremos uma demanda de análise. Isto imprime responsabilidade do sujeito sobre as próprias questões. Talvez, em alguns momentos você pense: "não tenho nada pra dizer", ou sinta vontade de faltar à sessão; Mas isto pode ser um sinal de que estamos chegando perto do sintoma, de entender o que lhe acontece. Por outro lado, pode ser que não tenha havido uma identificação do paciente com o analista ou com o método de trabalho, então é preciso falar sobre o assunto em sessão e mudar de endereço.

• É preciso possuir um gosto significativo pela palavra como também apreço pelas pessoas, com o mínimo possível de preconceito. Possuir crenças e convicções são importantes. Contudo, essas não podem afetar num julgamento pré-concebido das condutas humanas. Requer um interesse pela escuta do inusitado, com o menos de surpresa e deslumbramento possível.

Exige Tempo. E aposta: no analista e, especialmente, em si mesmo.

Mayara Almeida
www.mayaralmeida.com.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário