15 de jan de 2018

Escuta. Você escuta?

Compartilhe

A moça foi ao café de sempre, ou, talvez, de sempre que possível. A atendente pergunta: "o de sempre querida?" A conversa deveria continuar com a sua escolha do pedido, mas além de pedir ela costurou uma história  que era importante sobre a falta de saúde de alguém. A atendende então sentou à sua frente. E escutou. Fez duas ou três perguntas pontuais. Ouviu atentamente a história. Uma história que talvez fosse a primeira do dia, mas com certeza não seria a última. E só após ouvir anotou o que deveria pedir.

Achei bonito. Uma atitude de cuidado. Que a gente também encontre pessoas que nos ouçam, sem demasiada pressa. Que nós também sejamos àqueles que escutam, mesmo quando a história não é sobre nós.

Nenhum comentário :

Postar um comentário