22 de fev de 2013

Quanto atraso neste nosso avanço...

Compartilhe




Realidade.
Sim, a imagem acima não é montagem, ou algo do tipo. Esta foi uma cena registrada aqui neste Brasil. Não estou interessada em citar o lugar onde isto aconteceu, porque poderia ter sido em qualquer cidade que nos rodeia, então, poupo minha escrita neste aspecto. Mas sinto, sinto muito por esta pessoa que foi submetida a esta situação. Sinto também pelos transeuntes ao redor dele, observando, e talvez comentando o movimento que aquilo provocou. Sinto por quem cometeu este ato, que por algum momento acreditou que podia, que tinha este direito e que salvava a si e ao demais. O fato é que este moço que aparece amarrado na imagem, fez um "surto", ou seja cometeu atos considerados ilegais e agressivos à sociedade: ele teria quebrado as vidraças de uma loja, pois possui problemas mentais. Soldados alegaram que não poderiam transportá-lo considerando seu estado mental; pessoas que tentaram ajudá-lo foram impedidas pelos homens que o prenderam. Negro, pobre e... Louco? Por isso é permitido submetê-lo a tal situação ridícula, considerando o "avançado" mundo atual? Se existe algo que não quero perder enquanto vida eu tiver, é o respeito pelas pessoas, a vontade de ajudá-las a se aceitarem e melhorarem se preciso for, e não permitir que uma atrocidade desta se realize. Podia se um de nós ali... Poderia ser o meu desespero entre aquelas cordas, e isso me faz refletir muito sobre este acontecimento e tantos outros... E a sociedade acostuma-se a ver e nada fazer; sem reação, menos confusão... Será? Eu só sei que não gostei, não aprovo e me entristeço com este atraso diante de tanto avanço divulgado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário