17 de jan de 2014

Somos pedaços inteiros.

Compartilhe

Inspirado no Projeto "Coletivo PORTO ZUL Mosaicos"

A ação do projeto, acontece em Campina Grande/PB, na instituição Casa do Menino, onde o Psicólogo Eugênio Felipe (prof. da UFCG e idealizador do Clube Papo Cabeça) contribui ativamente como professor voluntário de Mosaico e, junto ao grupo, realiza o belíssimo trabalho abaixo.

(Imagem do arquivo do projeto)

***

Somos um tanto de outros que já nos tocaram de alguma forma.
Somos um pouco de tudo que já tivemos a intenção de viver.
Somos inteiros por causa dos nossos pedaços.
Parte de muito do que somos e fomos.
Parte daquela ideia que não se realizou e da outra que por fim, concretizou.
Fragmentos também significam e tornam-se parte de nós.
Somos cacos. Somos fatos.
E unidos, somos um lindo todo de significados.
O que se faz com cada parte de si mesmo é uma decisão que ultrapassa as barreiras internas.
Somos cacos e, que bom.
Quero se caco assim, desses que colore, monta imagem e integra emoções.
Quero ser caco, um inteiro de pedaços.
Quero ser Mosaico.

Um comentário :