11 de set de 2011

Para o amor. Aplausos.

Compartilhe

Aplausos para o amor.
Que mesmo em tempos de tanta confusão, notícias dramáticas e descrença humana, ainda existe, resiste, persiste.
Aplausos para o amor que não finge, não esconde, não sufoca, apesar de estarmos sufocados com estas incansáveis informações midiáticas.
Aplausos para o amor, a dois, sincero, sem vergonha, com palavras, sem palavras. Que seja! Mas que seja amor.
Aplausos para o amor que traz sorrisos e choro enxugado logo depois.
Aplausos para você que acredita, que ainda acredita, que está quase desacreditando, mas ainda acredita.
Para o amor. Aplausos.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário