26 de set de 2011

Compartilhe







Andei desejando ter sua beleza por perto. Se eu pudesse transformaria o seu mundo na varanda do meu ap. Será que estou acordada? Não sei. O que sei é que nos intervalos de dias e noites que seguem, o meu coração sente saudade de te ter. Por perto. Bem perto. Em silêncio. Pra te olhar. E não esquecer o brilho dos teus olhos. E decorar teu tosto. Saber exatamente todos os teus contornos.

Inspirado na leitura: Tempo de Esperas (Pe. Fábio de Melo)

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário