8 de ago de 2011

Talvez seja hora de desligar a TV.

Compartilhe






Estou à algum tempo sem assistir noticiários que, ao meu ver, tragam relatos negativos. Talvez pareça um ato de quem quer afastar-se do mundo, mas não, é. Na verdade é exatamente o contrário, aproximar-me mais, conectar-me, manter o caminho desobstruído para as boas sensações e sentimentos, que de tão doces, são influenciáveis, muitas vezes. E assim, tenho constatado algumas coisas: estou mais atenta às pessoas, de fato, pois não há assunto externo para contar, ou perguntar, de forma geral; percebo que a carga negativa que os telejornais transferem para os expectadores é enorme: desmotiva, deprime, enfim, não faz bem. Para mim, notícia boa dá audiência sim. E jornalismo é preciso ser inteligente e satisfatório para me fazer assistir. Não defendo que a realidade seja mascarada, mas o fluxo de informações ruins é bem maior do que de fatos bons, e assim, fica difícil esperar pela mudança de comportamento das pessoas, se muito do que é apresentado só traduz um conjunto de fatos desagradáves que vamos internalizando em nós, conscientes ou não e que reflete na forma como nos relacionamos com os outros. Se você está cheio (a) de pensamentos “nocivos”, talvez seja a hora de mudar de canal, ou mesmo desligar a TV. Vai ler um livro ou fazer uso do ócio criativo... A imaginação é o que temos de mais próximo da fantasia. E a fantasia é necessária para a conexão com a realidade desejada.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário