8 de ago de 2011

Ainda assim, eu escolhi ouvir...

Compartilhe




“Ouvir é dos trabalhos mais duros que existem. Por isso escolhi a oncologia, em vez da psiquiatria. Os cancerosos não dizem - repita lá isso, doutor.” (Inês Pedrosa - Os íntimos)

Eu, ainda assim, escolhi a psicologia, pois acredito que ouvir é uma forma de acreditar no outro, encorajar, fazer carinho, antes de tudo, com a delicadeza do silêncio.
E falar sobre si mesmo não garante a realização dos desejos, mas permite o ajuste de expectativas com a realidade e o esclarecimento dos objetivos e prioridades.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário