18 de jul de 2011

Resta-me Eu mesma.*

Compartilhe

[...] Se falar já era horrível, escrever então! Há coisas que não se escreve. [...] Quais nao serão suas pretensões, caso tenha poder absoluto sobre mim? Pois bem, direi à mesma como Medéia: No meio detantos perigos, 'resta-me eu EU MESMA'*. [...] (Tais temperamentos são felizmente muito raros). (O Vermelho e o Negro - Stendhal, p. 311).

Nenhum comentário :

Postar um comentário