6 de fev de 2011

Compartilhe





Toda a falta (de palavras e atitudes) me fez acreditar que um sentimento qualquer existe aí. Algo retórico. Eu sempre sorrio, e me divirto, e estudo, e trabalho... E continuo a minha vida, porque no escuro nada se resolve. Então acendo a luz, vou à praia ver o sol e não vou ao chão facilmente, fui criança um dia, e na falta de quem me ajudasse, aprendi a levantar sozinha.
Mas se ainda houver espaço na sua mente para o que um dia foi nosso, pensa em mim, que daqui eu penso em você, e em pensamento, estaremos de mãos dadas, mesmo que envoltos num silêncio qualquer.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário