5 de mar de 2012

Compartilhe


E por caminhos indiretos vou chegando até você. Sem economia de emoções, descubro-me e também assusto-me diante da sua existência. Mas insisto, porque você é meu, e, é em mim, inconsciente.

Mayara Almeida

Um comentário :