15 de fev de 2012

Quando fico escassa de sorrisos...

Compartilhe



Mentira. Dizer que vem e não vem. Ou que vai ligar e não liga. Gente falsa. Dor de dente. Dor de cabeça. Dor de coração partido. Gente que escreve errado no msn. Ligar para telemarketing. Telefone que chama e ninguém atende. Gente que não tem nada a ver com minha vida, não me conhece e ainda assim, se mete. Doenças. Desculpas quando era possível escolher outro caminho e preferiram errar. Falta de pontualidade. Inércia. Gripe e dor de garganta. Computador que decide não ligar o atualizar informações de 1% a 100%. Telefone que toca durante a madrugada. Insônia. Respiração limitada. Despertador que toca quando não quero acordar. Perder a hora. Gente que fala alto ao telefone. As perguntas do tipo: já casou, tá trabalhando aonde e você gosta? Pessoas que ficam por perto por interesses financeiros. Dor nas costas. Falta de respeito. Não dar bom dia, boa tarde, boa noite. Não agradecer. Finalzinho do domingo. Brilho que estoura dentro da bolsa. Gente que quer dizer uma coisa e fica adiando. Jornais que só trazem notícias ruins (eu sei como o mundo está, e não vou ganhar felicidade sabendo da tristeza dos outros). Sapato apertado. Torcer o pé (embora nessa hora eu ache até engraçado, rsrsrs) Perfume forte demais que dá dor de cabeça. Quebrar a unha. Pessoas que te criticam, mas fariam igual. Louça pra lavar, roupa pra passar. Política. Estar apressada. Palavrão. Gente que bebe e muda de personalidade. Viajar de ônibus com gente bebendo cerveja. Afff... Dias em que meu corpo não está a fim de levantar da cama. E o pior, saber que se eu continuar escrevendo, esta lista pode aumentar.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário