15 de fev de 2012

Compartilhe


E teu olhar que tanto procuro
No meio de tudo vivo sonhando
E os meus sentimentos tão puros
Cada vez mais se transformando
E se de você, às vezes me desvio,
Pronto, que não dure tanto.
Pensa então que calo e sumo
Enquanto sei que de ti mais me aproximo
E quando sorrio, por dentro choro.
E quando choro, por dentro lamento o pranto.
Sem riso, ou sorriso, só choro e tanto,
Quando não vens e pronto.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário