22 de fev de 2012

Diálogo - Dez vezes no cartão, pode ser? *

Compartilhe

* (Inspirado em: "Homens do Mercado" - Tati Bernardi)
"A indústria do entretenimento demorou, mas descobriu que o tesão da mulher tá na laringe.
Quanto mai a gente dá gargalhada, maior a vontade de abrir a perna".
(Tati Bernardi)
 - Houve uma enorme mudança neste aspecto, então listarei os disponível no momento.
Vários tipos se apresentam: tem aqueles com cabelo lisinho e bolso também; tem aqueles sem cabelo e com bastante experiência; tem aqueles que são bem educados com voce e mau educados com o resto do mundo e tambémmexistem o contrário destes; tem os que gostam de joguinhos, tipo cassino, quer pagar pra se divertir; tem o tipo moro longe, não so daqui; tem aquele bom de beijo e bom de... Só de beijo mesmo; tem aqueles só coração e aqueles irracionais demais e sem tanta emoção; tem aqueles que já estão bem consumidos, mas ainda são destaque.
Tem aquele que não fala a sua língua, mas sabe bem como usá-la; tem aquele que quer estar por perto por causa da sua profissão e tem também aqueles que se afastam pelo mesmo motivo. Tem aqueles que não tem asas, mas voam rápido e não te convidam para ir junto.
Todos vem com bateria recarregável.
- Ok, mas e a garantia?
- Sinto muito, mas não oeferecemos garantia para estes produtos, infelizmente.
- Bem, não tenho escolha. Quero um, em dez vezes no cartão, pode ser?
- Senhorita, esses produtos são limitados, não podemos dividir. A entrega é agora e o pagamento total.
- E o prejuízo, se houver?
- É todo seu. O prazer e o prejuízo andam juntos. Boa sorte!
[Mayara Almeida]



Nenhum comentário :

Postar um comentário