12 de jan de 2012

Ainda sonho.

Compartilhe


Eu quero coisas diferente esse ano. E eu não quero que você mude, eu não espero que você mude. Eu vou mudar, o que puder, o que for possível, e bom pra mim. Já mandei um recado para o diretor-chefe dos meus pensamentos: “agora eu vou cuidar de mim, ainda mais, e não adiante insistir com essa história de esperança descarada”. Eu queria te contar, se é que você já não sabe, que as meus desejos sobre nós dois não mudaram, mas por enquanto, fico feliz em não te precisar tanto. Sem defesas, mas com certeza, ainda sonho.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário