16 de dez de 2011

Entre tantos pedidos, o meu...

Compartilhe


Oi Papai Noel!
Tá bom eu sei que eu já to meio grandinha pra acreditar no senhor, mas sinceramente, decidi alimentar a criança que mora aqui dentro com um pouco de encanto e magia. Eu lembrei esses dias, que há um bom tempo atrás, ganhei um piano de presente de Natal... Ele era do meu tamanho na época, veio numa caixa toda embrulhada e meu coração saltitava de tanta felicidade, não apenas pelo objeto adquirido, mas pelo significado que tinha aquela ação. Acho que ali a música entrou na minha vida. Ainda tenho o piano, conservado, funcionando, me lembrando que o que é bom, duraaaaaa... Então, Papai Noel, entendeu o recado? Quero ganhar coisas assim: do tamanho do meu sentimento por elas, que tragam alegrias, sorrisos e que permaneçam queridas, por mais que os anos passem. Nem precisa chegar numa caixa grande, com embrulho de Natal, e muito menos, estar em baixo da minha cama – pois a essa altura da vida, eu iria me assustar, rsrsrs – mas precisa sim, ser capaz de trazer música para os meus ouvidos e paz para o meu coração, ter cheiro de pra sempre e desejo de comercial de margarina. Faz o que for possível, faz... E outra coisa, se a sua casa for perto do céu, pede uma ajudinha a Deus, que ele deve ser seu amigo e poderá te ajudar a agilizar, porque só sendo abençoado pela luz divina, você pode realizar os meus anseios, se é que você e Deus não são a mesma “pessoa”.

Agradeço por me ler.
[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário