13 de set de 2011

Precisa-se de seres humanos praticantes.

Compartilhe

Gosto de sorrir e cumprimentar as pessoas, quando estou passando por elas. Pode ser educação, simpatia, ou coisa da minha cabecinha... Mas é assim. E o que percebo é poucos sorrisos de volta e cumprimentos sem resposta. O que acontece? As pessoas estão com medo de reagir às gentilezas, ou resistindo à alegria oferecida, de graça? Penso que felicidade, dessas pequeninas, deveriam ser recebidas com afeto e, devolvidas com possibilidade de troca. Recebe e devolve na hora. Gente, um sorriso é simples, não dói e Faz um bem danado ao coração. Sorria agora. É sério, sorria, sem demora. Vai, agora. Sorria para você no espelho, no banho, no sonho e deixe essa prática ser comum no seu dia-a-dia. Precisa-se disso no mundo. Gente que sorria para si mesmo e em conseqüência, consiga sorrir para os outros. Precisa-se de quem queira agir assim. Precisa-se seres humanos que queiram ser humanos.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário