16 de mai de 2011

Eu sou [quase] um conto de fadas.

Compartilhe

De Cinderela, o sapatinho de cristal,
as responsabilidades domésticas e a vontade de um príncipe.
De Rapunzel, o gosto pela música.
De Branca de Neve, cabelos negros como o ébano.
De Chapeuzinho Vermelho, o gosto pelas flores no caminho.
De João e Maria, a curiosidade.
Da Bela Adormecida, as fadas.

A vida fantástica me parece satisfatória, mas adoro a vida real.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário