30 de abr de 2011

Teoria da Imaturidade Masculina.

Compartilhe

Menino não chora, menino tem que ser valente, e menino deve sempre proteger, nunca há espaço para pedir proteção. Ops, falha técnica nos ensinamentos sociais, e assim, os garotos tornam-se homens retraídos em seus sentimentos, com medo de apresentar aquele lado humano que nunca foi possível, ou poucas vezes permitido. A tendência para conservar relacionamentos imaturos está no mínimo, crescente nesse século. Bem, o fato é que crescer e continuar assim, é um aspecto delicado, pois num mundo relacional, não é possível exigir força individual o tempo inteiro, e não saber o que fazer, considerando que este ser humano já possui condições e experiências que levaram-no a obter novas definições das coisas e pessoas, nem sempre adequadas, é claro. Não saber, diante de um sentimento, revela medo, insegurança e indisposição consciente para o crescimento necessário que um relacionamento a dois exige. Continuar agindo como no passado, é uma atuação de algo que não pode ser, e só é, porque há um benefício negativo e posso chamá-lo de necessidade deslocada de afeto, já que há um interesse invisível na situação, mas não há disposição. Que fique claro, há explicação, não existe isso de ‘eu apenas não sei’. Isso já é tudo, pelo menos tudo de agora. E já que é isso, então aceita-se a própria falta de interesse e segue um ciclo de vai-e-vem considerado comum. Comum e desconfortante. Se identificou com as palavras? Então você faz parte da minha pesquisa imaginária. As informações específicas serão mantidas em sigilo até que eu decida mudar a metodologia. Imaturidade da minha própria teoria. A mudança exige querer e desejo num mesmo espaço. Resta saber, você quer o que deseja?

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário