17 de jun de 2015

Masturbação infantil: como lidar com isto?

Compartilhe
Referência: Texto

"Ela (6 anos) se trancou no quarto e estava mexendo lá" - relatou a mãe. 

Nesta situação, parece que de alguma forma, a criança entende que a atitude não deve ser realizada na frente de outras pessoas, o que é importante. Uma sugestão é orientar, sem exaltação, que é preciso ter cuidado para não se machucar, já que ainda está descobrindo o próprio corpo. Se a aitude for excessiva você pode combinar: “todas as vezes que sentir vontade de fazer essa brincadeira, me fale e eu vou te ajudar a lembrar de outras brincadeiras”.

Se é um fato que acontece em público, você pode chamar a criança, sem repreendê-la e lembrar da importância da intimidade preservada: "você vê alguém fazendo isso na frente dos outros?”.

Ainda, considero importante observar como estavam as emoções da criança, antes e depois da atitude: ansiosa, com medo, agitada? Observe e busque conversar sem brigar, gritar ou castigar, afinal, ela está descobrindo seu próprio corpo e precisa ser orientada adequadamente.

Psicóloga Mayara Almeida
mayarapsicologia@hotmail.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário