9 de nov de 2012

Criança: problema impossível?

Compartilhe



Quem são essas crianças, razidas pelos pais ou cuidadores ao consultório? E quem são esses responsáveis que trazem as crianças como problemas impossíveis? O que você acha?
Se for mesmo um problema, ele também é nosso.

Ir ao consultório psicológico, gralmente traz repprimido, o sentimento de impotência: "prcisar de um terceiro para salvar algo ou aguém"; ou ainda, o desejo de querer que este terdceiro fomente a ideia de que o partido dos pais é o correto.

O analista não irá apegar-se a estas demandas, entretanto, ajudará a dar significado ao discurso que até ali foi trazido junto com toda a história que os acompanham.

A criança não é o problema, mas existem problemas produzidos pelo meio que a criança se desenvolve, e são estas questões que serão analisadas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário