21 de ago de 2011

Valorize-se!

Compartilhe





Ok, você não tem aquele olho azul, aqueles 300ml de silicone e bem que poderia ter uns 4kg a menos (ou a mais). Mas você tem que ter pelo menos um adjetivo: Amor próprio.  Estamos sempre buscando pessoas para nos amarmos: Homens, amigas... E você? Gosta do que vê no espelho, do que tem na consciência? Tudo que você precisa é uma pessoa para te achar linda: Você.
Absolutamente ninguém repara em alguém que não se valoriza, que não sabe seus atributos e que principalmente não sabe seus defeitos. Não tenha medo de se olhar. Admita suas imperfeições e se isso realmente te incomodar e você tiver a oportunidade de melhorar, fazer plástica, esporte, maquiagem… Por que não? Se não estiver ao seu alcance, compense. Aposto que seus quilinhos a mais não são nada comparados ao seu par de seios que pára qualquer obra. Seu cabelo crespo é um charme que só você ainda não reparou. E, inclusive, muitas vezes nos auto-sabotamos. Francamente, pra que alisar o cabelo? Assuma o black power e, por favor, tenha estilo. Assista vídeos no youtube sobre auto maquiagem – De graça, fácil acesso e dicas maravilhosas. Acesse blogs de moda, compre revistas do segmento – troque por aquela que só fala de como-conquistar-sua-alma-gêmea-em-3-passos, afinal, quem você quer conquistar se não consegue se auto conquistar?
Você só não fica melhor porque não quer! Mulheres tem inúmeras formas de melhorar a aparência, utilize-as ao seu favor. Abandone a legging colorida e a barriga de fora. Troque a plataforma da marca de surf por um salto fino ou uma sapatilha.Corte esse cabelo que mais parece uma crente do que qualquer outra coisa. E, por favor, pare de dividí-lo bem no meio (a menos que você tenha certeza absoluta que isso fica bem em você – leia-se: bem poucas!!). E aprenda de uma vez por todas que sensualidade não tem absolutamente nada a ver com usar decote, saia curta e costas de fora ao mesmo tempo. Muito pelo contrário. Sensualidade tem a ver com insinuação, com esconde-mostra, com dúvida e, claro, as vezes com um decote OU um vestidinho mais curto – porque também somos filhas de Deus.
Cansei de conhecer mulheres que nunca repararam o quão perfeita eram. Inteligentes, bem humoradas, queridas, ótimas amigas… Mas se tornaram insuportaveis de tantas reclamações sobre seu peso, seu cabelo e sua unha fraca. Virando assim as mulheres mais feias que eu já conheci.

Nenhum comentário :

Postar um comentário