14 de ago de 2011

De alguma forma, a mágica existe...

Compartilhe




É um sapo, mas coloca água e vira príncipe, muda a cor, vai crescendo devargarzinho, demora apenas 2 dias para surgir. Mas depois que chegou ao seu tamanho máximo, só me restou desfazer-se dele. Eu, que nunca pensei jogar um príncipe fora, até que foi "facinho". Afinal, ele não conversou comigo, não quis sair do seu envóluvro, permeneceu ali, com aquela cara de paisagem. Ah, faça-me um favor: foi divertido enquanto durou, mas prefiro continuar a construir algo sobre um certo teatro no meu quarto. Sobre nossos passos, que podem não ser os certos, mas para mim, até agora, são os melhores. E você nem é um príncipe, ou é, só pra mim. Nada de cavalo branco ou carruagens, então, Cinderela que me perdoe, mas o encanto é diário, não acaba à meia noite não. E o sapatinho, eu não esqueci na escada, tirei o par com cuidado para caminhar na areia da praia com o meu companheiro real. Isso sim é mágico!

[Mayara Almeida]


Nenhum comentário :

Postar um comentário