18 de abr de 2011

Afeto ou distração?

Compartilhe

Eu posso escolher, você também pode. Talvez por isso torne-se tão delicada a ideia de permanecer. Contradição. Ser humano é impermanência. Ou não? Não falo de mim, é apenas uma incerta conclusão. Eu cuido dos dias para que eles sejam de sol, mas chove, e isso eu não consigo controlar. Só o tempo irá cuidar, pôr cada coisa em seu lugar. Fotossíntese do amor, enquanto a dúvida continuar, depois que a chuva passar. Tranformação do meu e do seu coração. Eu posso escolher, você também pode. E aí, o que vai ser? É afeto ou distração? A gente sempre sabe, mas ainda é cedo, agora não.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário