23 de jan de 2011

O amor é inconsistente.

Compartilhe

            Ver e já saber, não é possível. É preciso viver os contatos acalentadores, as dores, superar os rumores. Investigar ao fundo o que seu coração lhe diz querer. Mas é preciso começar devagar, por que assusta se investigar; e não recomendo a todos, cada um deve descobrir o que quer. Tem gente que não quer, então que seja. A falta de emoção é tão importante quanto a presença dela – e na falta de um espaço para me emocionar, eu me afasto e me desato desse nó.
            Não é a minha profissão que é do departamento sentimental, eu sou. E ficarei “better in time”, ou além do tempo. Foi rápido pra você? Pois pra mim, “ainda vai levar um tempo... natural que seja assim”, mas não tanto pra você, quanto pra mim.
            Mesmo que seja amor, é inconsistente, só eu vou saber se for. Seres humanos fingem pra não sentir dor. E eu não conto mais pra você, porque não conto mais com você.

[Mayara Almeida]

Nenhum comentário :

Postar um comentário